Rio do Nosso Bairro – EMEI Vovó Mathilde – (ODS 6)

No dia 21 de março a turma da COM-VIDA e as professoras visitaram a nascente localizada no terreno da nossa escola, sendo que essa deságua no Rio Gravataí. Durante a visita a nascente, os alunos foram questionados sobre o lixo encontrado na sua proximidade, sobre a preservação do meio ambiente e sobre a poluição. Na sala de aula foram realizadas algumas atividades: roda de conversa, confecção de cartaz, decoração de gotinhas com frases de conscientização sobre os cuidados com a água (trabalho dos alunos da COM-VIDA e Maternal II) para a confecção de painel/mural. Quarta-feira, 22 de março, os integrantes da COM-VIDA, realizaram um momento de enraizamento para a turma do Maternal II, onde apresentaram ações de conscientização sobre a preservação da água que devemos ter no dia a dia. Após cada aluno levou sua gotinha para que fosse anexada … Continua

Rio do Nosso Bairro – parte 2 – (ODS 6)

Escola Emílio Leichtveis – EMEL No dia 24 de março, dando continuação as atividades da COM-VIDA pelo “Rio do Nosso Bairro”, os alunos que fazem parte da Comissão propuseram aos demais colegas da escola, nos turnos Manhã e Tarde, assistir a três vídeos informativos sobre o Rio dos Sinos. Após assistirem os vídeos, eles também fizeram uma pequena fala sobre o que já aprenderam sobre assunto. Encerrada a parte de vídeos, os integrantes da COM-VIDA confeccionaram cartazes relativos não só ao Dia do Rio dos Sinos, mas também ao Dia da Água, como forma de sensibilização com relação a cuidados e preservação da Água para o Meio Ambiente como um todo.

Rio do Nosso Bairro – parte 1 – (ODS 6 e 14)

Escola Emílio Leichtveis – EMEL Na manhã de 22 de março, “Dia da Água”, uma turma de alunos da escola, aproveitou a aula de Ciências, a convite da gurizada da COM-VIDA, para realizar uma atividade de campo em uma sanga próxima. O objetivo da atividade foi coletar seres macroinvertebrados a fim de verificar as espécies encontradas e quantidade de cada uma para posterior avaliação da qualidade da água no local. Após recolhimento, classificação e contagem, os alunos concluíram que a qualidade da água da sanga é ruim por apresentar significativa poluição orgânica. Eles também constataram que existe uma valeta construída para escorrer a água das chuvas que ficam acumuladas nos terrenos próximos e mesmo na estrada, e que essa vala desemboca exatamente na sanga cuja água eles avaliaram. O vídeo onde os alunos contam sobre a atividade realizada pode ser … Continua

Realização:

Apoio: